WEBINAR INTERNACIONAL


PROGRAMAÇÃO GERAL:

(Clique para ampliar)






LINKS IMPORTANTES:

RESUMO DAS MESAS:

MESA 01:

Objeto e espacialidade no campo expandido da pintura
Dia 10/09  Horário 14 hs.

A mesa propõe uma discussão sobre a pintura e seu hibridismo com linguagens artísticas em torno do espaço tridimensional, a partir da produção plástico-visual dos artistas / pesquisadores que compõe a mesma.

MESA 02:

Interlocuções Pictóricas
DIA 17/09  Horário 14 hs.

A discussão proposta nessa mesa versa sobre a pintura e o pensamento pictórico em diálogos com outras linguagens. Nessa perspectiva coloca-se em interlocuções pictóricas com a ilustração, a fotografias, o objeto e a gravura.  Esses tópicos potencializam, congregam e compõem os pilares equacionados nesse debate.

MESA 03: 

Enraizamentos da / na imagem
DIA 22/09  Horário 14 hs.

A mesa acontece em paralelo à abertura da exposição coletiva virtual de fotografias “Enraizamentos da/ na imagem”, vinculada à Linha de Pesquisa “Pintura em Interface com outras linguagens”, e tem por objetivo apresentar as dinâmicas que envolveram a construção do expositivo virtual no instagram – EVE.art.br – , processo curatorial da exposição partir da temática proposta,  e seu catálogo virtual. A mesa é composta pelos curadores da mostra e artista convidado.

MESA 04: 

A natureza representada e presentificada na materialidade pictórica
Dia 24/09 Horário 14 hs.

          A proposição dessa mesa é colocar em discussão reflexões sobre a exploração da materialidade pictórica construída por meio de materiais extraídos da natureza. Os pontos almejados nesse debate versam sobre a coleta in situ de materiais in natura, presentificando-os no campo pictórico, de forma real, ou transpondo-os do campo real para o simulacro.

MESA 05: 

Subjetividades e ressignificações da materialidade pictórica: semioses.
Dia 01/10  Horário 14 hs.

Essa mesa tem como finalidade abrir reflexões e debates sobre a  materialidade pictórica tendo como  eixos discursivos  a transformação, a reação, a  apropriação, a expressividade, explorando a  matéria  e suas  ressignificações  poéticas, de modo a fomentar  também estudos teóricos sobre a matéria física  enquanto carnação pictórica.

MESA 06: 

Processo de criação e metodologia de pesquisa em arte
Dia 08/10   Horário 14 hs.

No contexto das ações do NUPPE, com produções artísticas consolidadas em pintura em seu sentido stricto e expandido e de produções textuais como uma prática recorrente, propomos pela linha de “Processo de criação: pesquisa, ensino e metodologia” abordar sobre a sistematização da pesquisa em arte como área de conhecimento, a partir de incursões experienciais e diálogos históricos e/ou teóricos.
O debate apresentado pela mesa posiciona a pesquisa em arte no Brasil em relação às suas fronteiras com outras áreas, métodos e objetos de estudo, colocando em questão como os produtos desse tipo de pesquisa revelam alternativas que confrontam a realidade atual, além do âmbito acadêmico; discute o processo de criação e construção de conhecimento em arte, apresentando reflexões sobre as perspectivas de se planejar a pesquisa em arte, a partir de possibilidades metodológicas em processos de criação nas artes visuais; propõe uma abordagem teórico-metodológica da pesquisa em artes a partir do diálogo entre a criação e a recepção da obra, em um processo de formação de conceitos e sentidos. Nesse sentido, a mesa costura abordagens da pesquisa em arte como área de conhecimento em um diálogo histórico, teórico e metodológico.

EXPOSIÇÕES:
CONFLUÊNCIAS
(EXPOSIÇÃO COLETIVA)

Curadoria:

Aninha Duarte e Alexandre França

Expositores:

Alexandre França / Aninha Duarte / Brayan Arantes / Carmen Nolorve /
Dayane Justino / Elsieni Coelho /  Flaviane Malaquias / Jane Côbo /
Karina Sousa / Roberta Melo / Rodrigo Freitas / Sérgio Rodrigues

Período:

Segundo semestre de 2020.

Local:

Casa da Cultura de Uberlândia.

Em 2020, o NUPPE criou uma parceria de trabalho com a CASA DA CULTURA de Uberlândia, e passa a ocupar uma de suas salas, espaço este destinado a estudos na área da pintura e exposições. Inauguramos o espaço com uma exposição coletiva com integrantes do NUPPE, denominada "CONFLUÊNCIAS". A exposição recebeu um Catálogo Virtual, disponível abaixo e no link https://www.youtube.com/watch?v=d5q3fniET-A.

ENRAIZAMENTOS DA/NA IMAGEM
(EXPOSIÇÃO COLETIVA VIRTUAL)

Curadoria:

Sérgio Rodrigues - Fábio Martins

Expositores do NUPPE:

Alexandre França / Aninha Duarte / Elsieni Coelho /  Fábio Martins /
 Flaviane Malaquias / Karina Sousa / Sérgio Rodrigues

CONVIDADOS:

André Reis / Renato Soares / Wigder Frota

Período:

de 22/09 a 23/10/2020.

Local:

Espaço Virtual Expositivo – EVE, do Instagram. (@eve.art.br)
Blog: http://eve-art-br.blogspot.com

Vinculada à linha de Pesquisa “Pintura em Interface com outras Linguagens”, a exposição fotográfica reúne artistas pesquisadores do NUPPE e convidados,  trazendo imagens enraizadas na diversidade da cultura brasileira.  O conjunto perpassa por diferentes repertórios, desde a sua expressão mais autóctone – a cultura indígena –, permeando manifestações de matriz religiosa afro-brasileira e popular-cristã, e alcança a visualidade das grandes expressões festivo-populares das Escolas de Samba e do Festival Folclórico de Parintins.
São fotografias que traduzem olhares pictóricos sobre a cultura e, no caso dos pesquisadores do NUPPE / expositores, também fomentam suas poéticas em Pintura, uma vez que suas pesquisas com raízes na cultura têm, na imagem fotográfica, um meio documental e expressivo que tangencia seus processos de criação.

3-  EXPOSIÇÃO COLETIVA DO NUPPE NO PROJETO
GALERIA DE ARTE NA ESCOLA

Curadoria:

Sérgio Rodrigues - Fábio Martins

Expositores:

Alexandre França  / Aninha Duarte / Dayane Justino /
 Flaviane Malaquias /  Karina Sousa / Sérgio Rodrigues

Abertura:

08 de setembro de 2020.

Local:


GALERIA DE ARTE  NA  ESCOLA  é  um  projeto em arte-educação  voltado  para  a difusão das  Artes Visuais, que conta com o incentivo da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Uberlândia.
Criado e desenvolvido por Sérgio Rodrigues, o projeto propõe, como uma de suas ações, a realização de uma Exposição Coletiva Virtual por meio de BLOG.
A exposição é formada por obras deseis artistas visuais atuantes na cidade de Uberlândia e pesquisadores-membros do NUPPE – Núcleo de Pesquisa em Pintura e Ensino – vinculado à Universidade Federal de Uberlândia.

PALESTRANTES CONVIDADOS:
Oscar Leonardo Ayala - Maestro en Bellas Artes con Especialidad en Pintura, Universidad Nacional de Colombia. Magíster en Estudios artísticos de la Universidad Distrital Francisco José de Caldas,Investigador-creador comprometido en el agenciamiento de un ejercicio artístico de incidencia social, vinculado al contexto y a las condiciones de su devenir histórico. Profundiza en el análisis de la conjunción entre imaginarios sociales e historia, planteando una revisión crítica de los usos del patrimonio cultural en relación con la identidad y la memoria colectiva. Investigador desde una perspectiva transdisciplinar y crítica que busca aportar a la superación de exclusión cultural. Docente en el área disciplinar de las artes plásticas y visuales, interesado en la renovación de las prácticas discursivas, creativas y metodológicas del ejercicio pedagógico de las artes y la educación artística. Experiencia en las asignaturas de dibujo, Pintura, Escultura y Cultura visual. Trabajo en proyectos de creación artística y gestión cultural, formulados para la interacción de diferentes ámbitos del contexto. Experiencia en curaduría artística, actualmente es docente del programa de Artes Visuales de la Fundacion Universitaria Juan de Castellanos. 
Rodolpho Parigi - Bacharel em Artes Plásticas, pela Fundação Armando Alves Penteado (FAAP – SP). Vive e trabalha em São Saulo.

Renato Soares - Fotógrafo especializado na temática indígena brasileira. Participou de exposições nacionais e internacionais. Atualmente desenvolve o projeto Ameríndios do Brasil. Sua fala discorrerá sobre a práxis da pintura indígena em seus distintos aspectos de aplicabilidade cultural (artefatos-corpos), e sobre a dinâmica das cores presente na criação de suas imagens fotográficas.
Zalinda Cartaxo - É graduada em Educação Artística pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), especializada em História da Arte e Arquitetura no Brasil pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), mestre em  História e Crítica de Arte pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), doutora em Artes Visuais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e doutora em Artes pela Universidade de São Paulo (USP). Realizou pós-doutoramento na Faculdade de Belas-Artes da Universidade do Porto (CNPq/FBA), Portugal. É Professora Associada na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNI-RIO) onde integra o Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas (PPGAC) na Linha de Pesquisa HISTÓRIA E HISTORIOGRAFIA DO TEATRO E DAS ARTES (HTA) Entre os anos de 2013 e 2015 coordenou o Mestrado Acadêmico do PPGAC/UNIR IO. Inte gra os Grupos de Pesquisas: TEATRALIDADE: ESPAÇO, IMAGEM (CNPq);  PARADIGMAS, TEORIAS, CONCEITOS, MATERIAIS, POIÉTICAS e POÉTICAS: QUESTÓES CONSTRUTIVAS DA PINTURA CONTEMPORÂNEA.,  da Universidade Federal do Rio Grande do Sul; CENTRO DE INVESTIGAÇÃO E DE ESTUDOS EM BELAS-ARTES secção PINTURA, da Universidade de Lisboa, Portugal (colaboradora). Membro do Conselho Editorial do International Journal of Architecture, Arts and Applications (IJAAA). É artista visual e autora dos livros 'Pintura em Distensão' (2006), 'Pintura e realidade:  Realismo arquitetônico na pintura contemporânea. Adriana Varejão e José Lourenço' (2012) e 'Revelações  A obra-manifestação de Adriana Barreto' (2019).

PARTICIPANTES DO NUPPE:

Aninha Duarte - Artista Plástica. Doutora em História Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC/SP com estágio de doutorado na Universidade de Évora UE / Portugal (Bolsa PDEE-CAPES). Docente do curso de Artes Visuais da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) atuando no Curso de Graduação em Artes Visuais e no Programa de Pós-graduação em Artes. Professora no Programa de Pós-graduação em Museologia/UFBA Linha de pesquisa: Patrimônio e Comunicação. Atua como artista visual com mostras no Brasil e exterior. Pesquisadora do Núcleo de Pesquisa em Pintura e Ensino - NUPPE/UFU (líder), Núcleo de Estudos de História Social da Cidade - NEHSC/PUC/SP (Pesquisador), Grupo de pesquisa sobre Cibermuseus /NEP - Núcleo de Pesquisa dos Ex-votos /GREC/UFBA (Pesquisador).


Aylana Canto - Mestranda em Museologia pela UFBA - PPGMUSEU. Pós-graduanda no curso de especialização em Arte Educação Cultura Brasileira e Linguagens Artísticas Contemporâneas pela Escola de Belas Artes (UFBA). Bacharel/licenciada em Artes Visuais pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Trabalhou com arte-educação em atividades vinculadas à Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA), Prefeitura de Belém (2011/2012). Auxiliou às visitas em bolsa de extensão e produção gráfica pela Universidade Federal do Pará - UFPA no atendimento voltado a educação inclusiva de crianças cegas (2013). Atuou em trabalhos de mediação cultural no Centro Cultural Sesc Boulevard, em Belém do Pará (2014) e no Museu da Universidade Federal do Pará - MUFPA, em Belém (2015). Foi educadora Cultural no centro Caixa Cultural Salvador, onde executou planejamentos, treinamentos, oficinas, visitas mediadas com escolas e grupos e educação inclusiva para surdos (2016), Espaço Carybé das Artes e no Espaço Pierre Verger da Fotografia Baiana (2018/2019). Professora do projeto PARFOR - PA da UFPA (2017). É pesquisadora do Núcleo de Pesquisa em Pintura e Ensino - NUPPE/UFU e no Grupo de Pesquisa sobre Cibermuseus / NEP - Núcleo de Pesquisa dos Ex-votos /GREC/UFBA. Atua na área de Artes, com ênfase ensino em arte e mediação cultural, educação inclusiva, ilustração, pintura, animação e teoria semiótica francesa.

Brayan Arantes - Graduado em Licenciatura e Bacharelado pela Universidade Federal de Uberlândia em 2017. Participa do Núcleo de Pintura e Ensino (NUPPE) . Sua pesquisa se enquadra na linha de pintura matérica, no qual seu fulcro investigativo é a corrosão de metais com ácidos, chegando assim à morte da matéria e sua subsequente transformação em um óxido de baixa redução. Na área da literatura escreve poemas e publicou seu primeiro livro de poesia em 2015 intitulado Metástase. Participa de exposições nacionais e internacionais. Mestrando no curso de Filosofia da Universidade Federal de Uberlândia.
Camila Moreira - Artista Plástica. Doutora em Arts Plastiques pela Université Paris 1- Panthéon Sorbonne -França. Atualmente é Professora Adjunto da Universidade Federal de Minas Gerais - Departamento de Desenho/Escola de Belas Artes. Sua pesquisa contempla o desenho e a pintura na atualidade, processos híbridos, o exÍlio, a mestiçagem na arte e o processo de criação. Atua como artista visual com mostras no Brasil e no exterior. É coordenadora do NEDEC / UFMG (Núcleo de Estudos e Ensino em Desenho Contemporâneo), linha de pesquisa : Desenho e Hibridismo de Linguagens e Linha de pesquisa Desenho Contemporâneo ; pesquisadora do NUPPE/UFU (Núcleo de Pesquisa em Pintura e Ensino) linha de pesquisa :Pintura e Interfaces com outras linguagens e linha de pesquisa: Estudos Cromáticos, e membro da Associação de Artistas (Art)ère- Paris-França.
Carmen Herrera Nolorve - Doutora em Artes É graduada em Artes Plásticas pela Universidade de Bordeaux Montaigne. Vive e trabalha em Bordeaux desde 2005. Sua prática artística evoluiu em torno do tema do retrato contemporâneo focado na construção da identidade feminina e contando com uma pluralidade diálogos  em gravura e pintura. Hoje, ela acrescenta novos elementos aos seus retratos, cabelos de mulheres de diferentes nacionalidades chamadas « suas donantes » (doadoras de cabelo). Ela expôs individual e coletivamente no Peru, França, Espanha, Brasil, Bulgária e Colômbia.

Elsieni Coelho - Docente, artista e pesquisadora do curso de Artes Visuais, do Instituto de Artes, da Universidade Federal de Uberlândia (Minas Gerais/ Brasil). Tem uma produção artística em instalação, objeto, fotografia e pintura. Integra ao Núcleo de Pesquisa em Pintura e Ensino (NUPPE), nas linhas de “Pintura em interface com outras linguagens” e “Processo de criação: pesquisa, ensino e metodologia”. Em suas investigações, discute a pesquisa na formação de professores, metodologias investigativas no campo educacional e, mais recentemente sobre a sistematização do conhecimento em arte no campo da pintura. Defende a pesquisa, não só na formação de professores, mas como recurso didático pedagógico numa prática docente de criação coletiva com os alunos.

Fábio Fonseca - Docente do curso de Artes Visuais da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), na subárea de Desenho. Doutor em Teoria e História da Arte pela Universidade de Brasília (UnB), com período sanduíche no Centro de Linguística da Universidade de Lisboa. Mestre em Teoria e História da Arte pela UnB. Especialista em História da Arte do Século XX e Bacharel em Gravura pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP-PR). Atualmente desenvolve sua pesquisa sobre o processo de sobrevivência das imagens, procurando integrar sob um viés teórico-metodológico, a pesquisa em Teoria e História da Arte com a produção prática em Artes.

Fábio Martins - Professor de Arte SEED/PR, graduado em Artes Plásticas pela Universidade Federal de Uberlândia (2008); especialista em História, Arte e Cultura pela Universidade Estadual de Ponta Grossa- PR (2018); mestre em Gestão do Território - Programa de Pós-Graduação em Geografia - UEPG (2020); integrante dos grupos de pesquisa CNPQ: Geografia e História: memória social e patrimônio cultural UEPG/PR e do Núcleo de Pesquisa em  Pintura e Ensino.  Suas pesquisas abarcam as seguintes ênfases: arte-educação, pintura, paisagem, patrimônio cultural e Folia de Reis. 

Gladys Robles Magíster en Artes visuales de la Universidade Federal de Uberalandia MG-Brasil (2016). Investigadora con beca de estudios de la Organización de Estados Americanos (OEA) y el grupo Coímbra de Universidades Brasileras (GCUB), Pregrado en Artes Plásticas -Universidad del Atlántico (2013). Directora y docente de los programas de Artes Visuales y Música de la Fundacion Universitaria Juan de Castellanos, Directora General de la Fundación Cultural Integral de Oficios y Artes (FUNCIONAR). Su trabajo tiene una relación directa con la tierra, como materia prima para sus instalaciones, participando en exposiciones nacionales e internacionales. Hace parte del Núcleo de Pesquisa e Ensino em Pintura (NUPPE) del Conselho Nacional de Desenvolvimiento Científico e Tecnológico (CNPQ) como colaboradora internacional y  es miembro activo del grupo de investigación Arte Cultura y Territorio  de la JDC. 

Helena Manzan - Graduada em Artes Plásticas pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Atualmente Membro do NUPPE - Núcleo de Pesquisa em Pintura e Ensino do Instituto de Artes da Universidade Federal de Uberlândia. Vive na Itália desde 2002  em um lugar medival realizando suas pesquisas com a natureza. Em 2011 participou da 54 Bienal de Arte de Veneza com obras da sua pesquisa Archetyp'Art na Amazônia onde realizou várias expedições.  Seu trabalho é na área da pintura informal conceitual material com colagens de elementos naturais. Realiza exposições no mundo todo, Espanha, Irlanda, Rússia, entre outros.

Jane Côbo - Graduada em Artes Plásticas pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Membro do NUPPE - Núcleo de Pesquisa em Pintura e Ensino do Instituto de Artes da Universidade Federal de Uberlândia. Linhas de interesse: Imagens e Processos Tradicionais em Pintura; Pintura Matérica e Materiais não convencionais, do Suporte aos Elementos Pictóricos. Desenvolve pesquisa teórica e prática sobre as poéticas visuais na linguagem da pintura, pintura e objeto e pintura-objeto. Investiga possibilidades na exploração da matéria pictórica por meio do material gesso, tinta acrílica, aquarela e apropriações diversas. Tem participado de exposições individuais e coletivas no Brasil e exterior. Possui publicações em anais de eventos científicos.

Maria Carolina Boaventura - Mestre em Artes pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU (2013), licenciada em Ciências Sociais pela mesma Universidade (2007). Atuou como docente substituta na área de Teoria, História e Crítica de Arte na Graduação em Artes Visuais do Instituto de Artes da referida instituição, e pesquisa temas relacionados à arte, cultura e sociedade através das perspectivas da antropologia, da sociologia e da historiografia da arte.

Roberta Melo - Doutora em Artes Visuais pela Universidade de São Paulo (ECA). Membro do Núcleo de Pesquisa em Pintura e Ensino de Arte (NUPPE). Atualmente é artista e professora da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Professora do Mestrado Profissional em Artes (PROFARTES). Atua principalmente nos seguintes temas: ensino de arte, ensino e aprendizagem na contemporaneidade, história do ensino de arte, feminino, história e memória.
Rodrigo Freitas - Doutor em Artes pela Universidade Federal de Minas Gerais (2016). Atualmente é professor do Instituto de Artes da Universidade Federal de Uberlândia, integrante do NUPPE (Núcleo de Pesquisa em Pintura e Educação) e pesquisa a relação entre imagem e tempo, sobretudo a partir da prática pictórica em diálogo com vários meios de criação e difusão da imagem.
Sérgio Rodrigues - Pós-graduando em Gestão e Design de Carnaval pela Faculdade de Ciências, Educação, Saúde, Pesquisa e Gestão - CENSUPEG (2020 - ). Mestre em Artes pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU (Linha de Pesquisa de Práticas e Processos em Artes). Graduado em Artes Plásticas pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU. Pesquisador do NUPPE (Núcleo de Pesquisa em Pintura e Ensino - UFU). Com processos híbridos de criação - interface com outras linguagens / materialidade pictórica. Como eixo temático recorrente, explora motivações advindas de estudos sobre a relação entre Arte e Cultura, com enfoque no Carnaval Brasileiro (visualidade dos desfiles das Escolas de Samba), e investigações recentes sobre a Festa do Congado de Uberlândia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário